Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Fui Rever o Piloto de «Glee»... E Tenho 10 Coisas a Dizer Sobre Isso

Pouco mais de um mês depois de assinalar o 10º aniversário da sua estreia, «Glee» foi parar ao catálogo da Netflix Portugal. O serviço de streaming disponibilizou as seis temporadas da série criada por Ryan Murphy, agora mais conhecido por «American Horror Story» ou «Pose», que totalizam 121 episódios. Como não podia deixar de ser, fui rever o episódio piloto de «Glee» e tenho 10 considerações a fazer sobre isso.

 

1.jpg

 

Digo sempre que comecei a ver «Glee» por acidente, em 2011, mas a verdade é que foi também das primeiras séries de que desisti. Quando me estreei nas maratonas e na semanada de episódios custava-me bastante largar as histórias, mesmo quando já não me diziam muito. Uma situação que se tornou inevitável, pois claro, quando aumentou o volume de séries a que assistia e, entre o trabalho e a rotina diária, tinha de fazer escolhas. Acabei por ver o episódio de despedida ao Finn, a personagem do falecido Cory Monteith (que morreu de overdose ainda durante as gravações), e a series finale  para fechar o ciclo, mas acabei por voltar para escrever este artigo.

 

1. A Sue Sylvester (Jane Lynch) continua a ser a coisa mais espectacular de «Glee»

2. A bitchness da Quinn (Dianna Agron) surge em segundo lugar

3. Tendo em conta as parecenças entre a atriz Lea Michele e a sua Rachel Berry, não é de admirar que ela nunca tenha despontado na TV depois da série

4. O primeiro episódio escapa à tendência de ter personagens a cantar dentro da "realidade", tenho mix feelings em relação a isso

5. A Terri Schuester (Jessalyn Gilsig) continua a ser a personagem mais irritante que Ryan Murphy "pariu"

6. Há um fator cómico extra por se saber o que vai acontecer a personagens como Emma (Jayma Mays) ou Kurt (Chris Colfer)

7. Achava alguma piada ao Puck (Mark Salling), mas agora, sabendo os crimes do ator, dá-me só volta ao estômago

8. Quando é que entra o Blaine (Darren Criss), mesmo?

9. Se não fosse «Glee» o argumentista Brad Falchuk dificilmente conseguiria "caçar" a Gwyneth Paltrow (a atriz teve participações especiais na série)...

10. "Don't Stop Believing", obviamente...

 

mandar bitaite:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.