Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

10 Dicas Para Sobreviver à Última Temporada de «A Guerra dos Tronos»

Foram 595 dias sem «A Guerra dos Tronos», desde a season finale da temporada 7, em agosto de 2017. A espera foi longa, mas a oitava temporada chegou finalmente e, às 2 da manhã (hora portuguesa), a saga imaginada por George R.R. Martin começa a escrever o seu fim... pelo menos na TV. Tendo em conta o número de óbitos por temporada e o pico de emoção perante o desfecho da série mais popular de sempre, a carga promete ser pesada para os fãs de «A Guerra dos Tronos». Como tal, fiquem com 10 dicas para sobreviver à última temporada... Algo que as vossas personagens favoritas dificilmente vão conseguir.

 

game of thrones.jpg

 

1. Ler os livros do George R.R. Martin ao mesmo tempo que assistes à série. Não todos, claro, que isso é uma tarefa impossível, a não ser que não faças mais nada além disso. Não só encontrarás facilmente outras coisas que te chateiem, nomeadamente as alterações feitas do papel para o ecrã, como te vais indignar com a demora na publicação do próximo livro. Como side effects, provavelmente vais tornar-te uma daquelas pessoas chatas que compara tudo com o livro e defende que o que George R.R. Martin escreve é que é bom.

 

2. Mostra a tua revolta nas redes sociais e nos fóruns de discussão da série. Os teus amigos e familiares agradecem e, além disso, há vantagens para ti. Não tens limites nem filtro para manifestares o teu descontentamento – se fores banido de um sítio basta mudares-te para outro lado –, e irás encontrar mais pessoas inconformadas como tu. Hoje em dia encontra-se de tudo na Internet, até as opiniões mais descabidas, portanto não será difícil.

 

3. Escreve uma fanfiction onde acontece o que te apetece. Cria um blogue ou uma conta no Tumblr e reinventa a história à tua maneira. Com sorte, acontece-te como à E.L. James, a escritora de As Cinquenta Sombras de Grey, que começou uma fanfiction de Crepúsculo e acabou por convertê-la numa saga própria e enriquecer em três tempos.

 

4. Ver o episódio logo às 2 da manhã. Com sono suficiente para ficares confuso, mas não ao ponto de adormeceres. Vais ficar naquele estado de semi-transe, em que já não sabes muito bem o que é real e o que estás a sonhar. Desta forma, sempre que acontecer algo de que não gostes, podes assumir que não passou de um pesadelo e ignorar esse acontecimento para sempre. A personagem em vez de morrer fugiu, por exemplo. Também acontece o mesmo se beberes um shot por cada cena de sexo.

 

5. Ver a series finale de «Foi Assim Que Aconteceu» ou «Dexter» após um episódio traumático. Ou de outra series finale de que não gostaste, algo que te tire mesmo do sério. Trata-se da distração perfeita para ficares chateado com outra coisa. Ao pé disso, o que aconteceu em «A Guerra dos Tronos» vai parecer insignificante. Só para ter a certeza que funciona, convém juntar esta solução com outra infalível em caso de morte, nomeadamente o ponto 6.

 

6. Criar um grupo de apostas com os teus amigos e apostar na morte das tuas personagens favoritas. É o remédio perfeito para superares as mortes que se avizinham na oitava temporada. Embora fiques destroçado com a perda, isso vai ser compensado com a felicidade de teres recebido dinheiro. Quanto mais gostares da personagem, mais dinheiro investes. Com sorte, acabas triste mas rico.

 

7. Pagar 0.99 dólares para os teus amigos serem spoilados. Há um site que será seguramente um êxito nas próximas semanas. Por um custo simbólico, o site irá enviar spoilers e estragar a série aos teus amigos ou familiares. Em caso de desilusão da tua parte, não estarás sozinho. A menos que eles vejam o episódio às 2 da manhã, nesse caso é dinheiro atirado para o lixo.

 

8. Usar os teus dotes de edição de imagem ou pagar a alguém para substituir todas as vítimas pelo Joffrey. Se há personagem cuja morte entusiasmou a audiência foi a do rei Joffrey (Jack Gleeson). O filho de Cersei (Lena Headey) era tão odiado que houve reações eufóricas e virais espalhadas pelo mundo inteiro. Para aliviar a dor da morte das personagens favoritas nos próximos capítulos, uma das possibilidades é substituir o interveniente pelo Joffrey e imaginar que é ele a morrer outra vez. E outra vez. E outra vez.

 

9. Ter a expetativa de que vão morrer todos: qualquer sobrevivente é uma vitória. Costuma falar-se muito em expetativas e, no caso de «A Guerra dos Tronos», o ideal é estar a contar que vão morrer todos e que, no final, não restará nada mais do que a Armada dos Mortos. Se isto se confirmar, era algo de que já estavas à espera e não vais sofrer por isso. Caso não se confirme, todos os sobreviventes vão ser uma vitória e ainda podes considerar que a série teve um final feliz.

 

10. Perder toda e qualquer empatia pelo que acontece. Espero que não tenhas de chegar a este ponto, mas acontecimentos extremos exigem medidas drásticas. Para atingires este objetivo, vê tantos vídeos quanto necessário – de gatinhos, de pais militares que fazem uma surpresa aos filhos, aquele do bebé que ouve pela primeira vez, o «Titanic» (1997), revê «This is Us», e por aí fora –, até não manifestares qualquer emoção. Nessa altura, estarás pronto.

 

 

 

mandar bitaite:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.