Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Aluga-se Blog #7 - Fringe, texto e fotografia por Élia

O desafio da Élia foi particularmente difícil: além do artigo sobre uma série, teve de tirar uma fotografia para a ilustrar. Fringe, em palavras e numa imagem, em nome próprio, abaixo.

 

Gota_fringe.jpg

 

Élia, aquela que, com os seus 31 anos, ainda não descobriu o que anda a fazer neste mundo, mas uma coisa é certa: sabe o que este mundo anda a fazer por ela… nomeadamente no que toque a séries e no que diz respeito à Natureza! Sim, é uma apaixonada pela Natureza e, por isso, é o que mais regista em fotografia: plantas e bichezas!

 

ss2_hi.jpg

Tenho preferência por séries de investigação que tenham alguma cromice e cenas científicas - possíveis ou imagináveis - à mistura. E, por esse motivo, vou-vos falar de uma série passada: Fringe.

 

A série tem o seu quê de drama no que diz respeito à relação de pai com o filho, do filho com a agente, da agente com ela própria… enfim, personagens que deveriam ir todas ao psicólogo! Mas a sua essência é mesmo investigação e ficção científica!

 

 

É uma série que nos prende desde o primeiro episódio até quase ao fim da terceira temporada (no total são quatro temporadas). A quarta temporada não é tão boa quanto as restantes, mas vale a pena ver, até porque nos mostra o desenlace de toda história. Prende-nos pela história em si e pela riqueza de cada personagemWalter, o culpado "disto tudo", é para mim a personagem mais completa!

 

Resumidamente, a série traz-nos dois mundos paralelos. Ora, este tema está-nos bem presente por culpa de Stranger Things, assim como o fim do mundo, que, basicamente, são temas que vemos em várias séries... mas também homicídios, né? 

 

 

 

Para quem não conhece a série, vale a pena perderem uns 40 minutos da vossa semana para verem!