Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

3. Melhor Atriz de Drama: Elisabeth Moss

04-handmaids-tale-voiceover.w710.h473.jpg

 

Embora os primeiros créditos como atriz remontem ao ano de 1990, quando tinha apenas sete anos de idade, Elisabeth Moss evidenciou-se pela primeira vez em 2009 com um dos principais papéis em «Mad Men», depois de uma breve passagem por «Os Homens do Presidente». Com a personagem feminina mais célebre da série, num constante desafio aos estereótipos da época ilustrada e da própria ficção televisiva, a atriz nunca recebeu qualquer Emmy ou Globo de Ouro pela sua brilhante interpretação. Venceu o Emmy este ano, à sétima nomeação, pela Melhor Série de 2017: «The Handmaid's Tale». Elisabeth Moss dá vida a Offred, a protagonista da história assinada por Margaret Atwood nos anos 80.

 

Tendo em conta que se tem assistido a uma aposta firme em séries protagonizadas por mulheres fortes - ainda que se mantenham as séries do costume e outras onde as personagens femininas são subvalorizadas - a corrida pelas estatuetas tem sido disputada. Viola Davis e Tatiana Maslany ganharam recentemente o Emmy, mas, na hora da verdade, Elisabeth foi premiada pela sua prestação na distopia do ano, que muito lhe deve. A título de exemplo, a atriz tem o cuidado de repetir as frases narradas mentalmente, a fim de encaixarem na perfeição no momento interpretativo, já que são, supostamente, pensamentos de Offred. São estes pequenos detalhes que fazem a diferença, até porque uma história portentosa como a de «The Handmaid's Tale» exige uma protagonista de outro planeta. E Elisabeth provou, contundantemente, que o é.

 

Mais sobre a série aqui e aqui.