Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

Androids & Demogorgons

TV KILLED THE CINEMA STAR

13. Melhor Regresso: Ewan McGregor, Fargo

fargo-season-3-reviews-ewan-mcgregor-620x360.jpg

 

Longe vai o tempo em que Ewan McGregor era apenas um jovem escocês em busca do sonho prometido. Depois do sucesso de «Trainspotting» (1996), cuja sequela chegou aos cinemas este ano, o ator viu a sua carreira evoluir graças a filmes como «Moulin Rouge!» (2001) e o «Grande Peixe» (2003) e tornou-se uma estrela mundial com a interpretação de Obi-Wan Kenobi na segunda trilogia de Star Wars. Nunca tinha tido, até «Fargo», uma participação numa série acima dos seis episódios; e, entre um episódio de «Serviço de Urgência» em 97 e «Doll & Em», onde teve um arco de dois episódios em 2015, que o ator não somou qualquer crédito em televisão. Regressou em 2017, pela mão de Noah Hawley, e os seriólicos agradeceram.

 

Em dose dupla, Ewan McGregor teve um dos desafios mais difíceis já apresentados por «Fargo» - interpretar gémeos -, e respondeu com firmeza e determinação. Com uma história mais próxima (temporalmente) do que as anteriores, a série inspirada pelo filme dos irmãos Cohen voltou a inovar e a surpreender. O argumento aparentemente simples é um efeito 'enganador' que nos distrai da espetacularidade visual que habita o universo de «Fargo» e que, por diversas vezes, esconde as respostas. Muito requisitado por Hollywood e não só, resta saber se há margem (e calendário) para Ewan assumir um lugar de maior destaque no pequeno ecrã. A sua representação em camadas, apostada sobretudo na humanização dos personagens que interpreta, o que os torna mais reais para nós, não tem grandes efeitos e truques emotivos, mas também por isso é tão especial. Conquista na sua simplicidade cuidada.

 

Review aqui.